1 de junho de 2009

A máscara da ministra

.
Dias atrás, durante minha passagem por aquele túnel escuro, vi de relance a ministra Dilma Roussef numa entrevista na tv. Comentei com meu filho “olha a ministra de peruca!”. Porém, além das falsas madeixas, não pude deixar de observar a máscara de maquiagem muito provavelmente feita para disfarçar a pele amarelada pelas sessões de quimioterapia. Voltei para a cama pensando nisso.

Como a gente muda fisicamente! Cheguei a dizer à minha irmã que o tratamento derruba não só o cabelo, mas tudo o que vê pela frente, inclusive o câncer. Nos dias mais pesados de efeitos colaterais chego a não me reconhecer no espelho (aliás, deveria aceitar o conselho da minha mãe de passar longe dele). A Giovana que vejo refletida não é a que conheço: careca, amarela, sombracelhas ralas, rugas no entorno dos olhos e boca. Cruz credo! Pareço a assombração de mim mesma.

A ministra - pelo menos é o que tentam nos convencer - está trabalhando ativamente, mesmo de máscara. Afinal, o cargo exige, né? Imagine a toda poderosa Dilma dando entrevista na tv exibindo uma reluzente careca, aquela tez cor-de-pêssego e sem sombracelhas. Seria no mínimo assustador, pra nós, telespectadores. Quem a conhece garante que se ela não ocupasse tal cargo, não usaria nenhum apetrecho para disfarçar os efeitos físicos causados pela quimioterapia.


Também estou trabalhando. Não sei se é ativamente; isso é minha chefe quem vai dizer. Mas decidi que definitivamente não quero licença médica ou nada que me obrigue a ficar em casa, curtindo uma de doente. Trabalhar, trabalhar e trabalhar o máximo que puder faz parte do meu tratamento. Aliás, nada me prende em casa depois dos dias de escuridão. Minha manicure me disse recentemente que se eu quiser ela me atende em casa. O quêêê?! Sem chance.

Como diz o meu namorido, esse tipo de problema que eu e Dilma vivemos (íntimas, não?) é só pra gente poderosa. Estou gostando de acreditar nisso.

7 comentários:

cintia sibucs disse...

eu tb falei a mesma coisa!
mas... são os ossos do ofício! e ela está na luta, o que faz muito bem.
trabalhar faz a gente engrandecer e esquecer os problemas que nos deixam pra baixo!

=*

Ananda Valente disse...

Meu orgulho! Deus me deu de presente uma professora competente, uma chefe paciente e uma amiga eterna.

Já bem dizia Leila Navarro: "Linda! Maravilhosa! Vitaminada e Poderosa!"

Referência número um profissinal e pessoalmente falando.

Eu tô aqui de fora torcendo e esperando o próximo café que tomaremos juntas para colocar a fofoca em dia!

Um beijo!

Anônimo disse...

Ai aii...

Eu já sabia disso desde quando a conheci, afinal, o apelido de TODA PODEROSA quem mesmo que deu??

bjossssssss

E tenhma um excelente dia produtivo!!!
Lele

Rildo Barros disse...

Lembrei da Joyce Pascowitch que mandou fazer uma série de perucas iguais ao cabelo original dela para continuar com o mesmo visual. Cada um enfrenta a situação de um jeito, o importante é ser guerreira e lutadora.

bjo

theo disse...

parabéns pela determinação,um forte abraço!bj.

Débora Martins disse...

Oi Giovana, saiba que sua chefe está muito feliz com sua produtividade, tá? Continua, sim, trabalhando ativamente, mais até que muita gente que está 100% (risos).
Que Deus te abençõe grandemente. Logo, logo, isso tudo vai passar e você será mais um caso bem sucedido que vai incentivar outras mulheres brasil afora a enfretarem os problemas com otimismo e perseverança...

Frávia, a dona do brog disse...

AMO ESSA MULHERRR!!!!
Até careca...
Beijozão