2 de fevereiro de 2011

LOVED!

Amor muda tudo

Recentemente conheci o LOVED!. Fui surpreendida com um pedido do meu amigo de trabalho, Jader Mattos, para pautar uma matéria sobre o movimento no jornal Via Campus, do UniFOA, que produzo mensalmente. “LOVED!? O que é isso?”. E bastou uma breve explicação (breve mesmo, já que estamos falando do Jader...) para me apaixonar. A proposta do grupo é ótima; não conhecia nada igual por aqui até hoje, a não ser instituições como o Centro de Valorização da Vida - CVV, que presta socorro por telefone.

O LOVED! é diferente. A ideia começou na cabeça de um aluno de Publicidade e Propaganda, Kaio Freitas. Com o slogan “Amor muda tudo”, ele criou um blog para falar de esperança, amor e fé a pessoas que sofrem de distúrbios emocionais – depressivos, alcoólicos, toxicômanos. E para falar de esperança para doentes deste tipo é necessário requisito muito especial, um sentimento que muita gente se esquece, já que acaba levando a vida maquinicamente. É preciso amor!

E foi com amor que Kaio conquistou outras pessoas para sua causa. Juntou um grupo, digamos, amoroso, e o que era apenas um blog virou um movimento. Uma das iniciativas do LOVED! Que achei sensacional foi o ‘Abraço Grátis', na Vila Santa Cecília, em Volta Redonda. Já se imaginou passando numa rua, apressado, cabeça quente com agenda a cumprir e contas a pagar, quando, de repente, dá de cara com um jovem de braços abertos, perguntando “Quer um abraço?”. Para mim seria uma grata surpresa, acredito que pra muitos outros seria um alento.

 Jovens distribuem abraços numa das calçadas mais movimentadas da cidade

E são correspondidos na mesma medida de amor

Estão hoje no grupo, além do Kaio e do Jader, a Carol, o Wendel e a Maíra, que conheço. E tem mais gente. Um pessoal cheio de amor pra dar, que no último fim de semana se uniu para subir a serra e visitar algumas das famílias atingidas pelas chuvas do início de janeiro. E lá na região serrana, além de ficarem chocados com o cenário de destruição, ofereceram abraços, carinho, palavras de conforto. Foi somente um dia. Mas para aquelas pessoas tão sofridas, um sorriso que seja, corresponde a anos de motivação, incentivo, força para sobreviver.

Amor muda tudo mesmo. E é tão simples, tão fácil. Basta ter e oferecer. É o segundo dos dez mandamentos e, seguindo esse, sequer é preciso conhecer os outros nove. Basta amar ao próximo como a nós mesmos e pronto. Ninguém é perfeito; fácil não é. Mas o pessoal do LOVED! está aí para provar que podemos. Para amar é preciso começar.

 Grupo que foi à região serranna no sábado, 29

O cenário visto por lá


Apenas um aimagem pra representar o estado de destruição geral

A esperança

Alguns depoimentos da galera que subiu a serra:

“Fizemos isso não pelo reconhecimento de poder dizer “estivemos lá”, muito menos por pena. Fizemos porque acreditamos que aquelas pessoas são especiais e que esse é o momento em que elas mais precisarão acreditar na palavra ‘esperança’”.
Kaio Freitas

“Pessoalmente, as imagens são muito fortes, nada que se exprima em palavras. A situação é muito pior do que se vê pela TV ou por fotos em jornais.”
Jader Mattos

“Por onde andávamos ouvíamos histórias dos moradores que retiraram seus vizinhos sem vida da lama. Hoje, a população tem ciência de que muita gente não será encontrada. Muitos corpos permanecerão jazidos na lama”.
Danielle

“Estamos torcendo para que, desta vez, o governo faça um planejamento para dar casas a todas essas famílias desoladas”.
Maíra Vilela

“Dentro do possível, vimos crianças sorrindo no meio de muitos brinquedos.”
Allan Carlos
.
Siga no Twitter: @loved_oficial

12 comentários:

Maíra Vilela disse...

Estamos muito satisfeitos com o rumo que o movimento está tomando! Tenho certeza que faremos um trabalho lindo, afinal, estamos fazendo com amor e por amor! Fico muito feliz em ver cada vez mais pessoas acreditando no LOVED! Sei que podemos contar contigo... Abraços!

Jader Mattos disse...

Amor é um mandamento difícil de cumprir.
Amar é um verbo difícil de conjugar...
Obrigado pelo post Giovana! Em especial pelo adendo referente a minha pessoa hehehe

Emanoel & Fabiano disse...

Tenho muita convicção de que somente o amor é capaz de fazer profundas mudanças na vida do ser humano. É a determinação deixada por Cristo. Se possível, gostaria de participar do grupo.

Carol Cunha disse...

Que legal!!! Adorei o LOVED!! Criativo, inteligente e simples!! Se os virem na rua, eu os abraçarei!!!

Adriana Jornalista disse...

A m e i !!!

c i n t i a disse...

Emocionei!
♥ ♥ ♥ ♥

GIL ROSZA disse...

yeah! free hugs mode on!

Calino disse...

Já dizia o Dalai Lama:
"Nada é mais importante que o calor do coração. Ele nos nutre desde o nosso nascimento. É importante nos conscientizarmos dese valor. Só o afeto humano pode promover uma sociedade feliz e um mundo pacífico"
E o grupo está colocando iso em prática. PARABÉNS
Abraço grande do
Calino.

Marlene Fernandes disse...

Adorei, vcs são a prova de que há saídas para este mundo tão individualista(produtor de doenças).

Jader Moraes disse...

Em um momento desses, um abraço é tão importante quanto um kilo de arroz.

Parabéns, galera!

Alden disse...

Caramba!Quem diria, um movimento revolucionário deste porte surgindo aqui, em nossa cidade,debaixo de nossos narizes?Revolucionário, sim, pois transforma em ação pura e desinteressada os mandamentos de todas as religiões do mundo!
Que esta revolução individual e coletiva se expanda cada vez mais, alcançando e transformando mais vidas!Parabéns aos autores da iniciativa, e parabéns, Giovana, por divulgar algo tão único!
Me emocionou profundamente e mudou o rumo do meu dia!Muito obrigado mesmo

Denise do Egito disse...

Muito legal essa iniciativa, porém, a ideia do abraço surgiu, se não me engano, na Inglaterra há alguns anos. Mas não tira o mérito do pessoal do LOVED! já que é preciso disposição para ficar na rua oferecendo carinho aos desconhecidos!
Um beijo e tenha uma ótima semana