5 de agosto de 2010

Assessoria de Imprensa

Falar dos outros para os outros é fácil

Li um artigo recente de uma profissional, cuja atividade é ‘analista de redes sociais’. No texto, ela fala do constrangimento quase diário em explicar o que faz. E conta um pouco do próprio dia a dia com uma boa dose de humor, ao mesmo tempo em que explica quase didaticamente, que seu trabalho não se resume a ficar navegando por orkut, twitter, facebook e seus semelhantes.

Faço um trabalho não tão desconhecido, mas é comum passar pelo mesmo tipo de problema com frêquencia. Jornalista todos sabem o que é, mas quando me perguntam “em que jornal você trabalha?”, respondo “trabalho no UniFOA; sou jornalista da instituição”. E o que vejo em seguida são dois olhos perdidos a me questionarem “como assim?!” Um pouquinho mais complicado é quando digo que fora do UniFOA presto serviços como assessora de imprensa.

É meio difícil acreditar que a essa altura do século 21 um indivíduo, empresário, por exemplo, tenha a ousadia de não saber o que é assessoria de imprensa, o que faz e para que serve. Mas esse ser desinformado ainda existe, aos montes por aí. E nós, os assessores, somos obrigados a parar e explicar, bem direitinho, como funciona a nossa atividade.

Para facilitar o entendimento: o assessor de imprensa é o profissional que faz a ponte entre seu cliente e os veículos de comunicação, a mídia em geral. Esse cliente pode ser uma empresa, instituição ou particular (artista, atleta, profissional liberal). É o assessor de imprensa quem divulga, através do seu contato com jornalistas, quem é e o que faz o seu cliente. E as reportagens publicadas ou veiculadas nos órgãos de imprensa são fruto desse relacionamento diário com repórteres, chefes de reportagens, editores, não sendo, portanto, matérias pagas.

Agora vou ter que explicar tudo isso, passo a passo, a um grupo de pessoas que até sabe o que é a assessoria de imprensa, mas que precisa fazer isso sozinho, num trabalho desgastante de autodivulgação. Fui convidada para uma mesa de debates em um evento paralelo à Flip, em Paraty, organizado pelo site Clube de Autores. O tema: “A arte da divulgação para autores novos”. Estarão á mesa comigo Leslie Assis e Kika Monteiro, do Jornal Volta Cultural, e o curador Rafael Clodomiro, poeta de Volta Redonda, ganhador do Prêmio UFF de Literatura 2009.  Vamos falar de assessoria de imprensa para escritores necessitados de autodivulgação. Faço assessoria permanente para clientes diversos, mas devo confessar que divulgar o próprio trabalho é um pouco mais complicado. O ser humano tem certa dificuldade em falar de si, principalmente quando isso pode gerar ganho profissional/financeiro. Como me vender sem parecer piegas, pedante ou pedinte?

Há quem discorde, bata no peito e se garanta, mas posso apostar naquele friozinho básico na espinha e certa tendência à gagueira na hora de assegurar a qualidade do próprio trabalho. Por outro lado, discorrer sobre esse tema a pessoas com aspirações semelhantes às minhas parece-me no mínimo muito interessante. Vou aproveitar minhas falas didáticas, que normalmente servem aos outros, para mim.
.

4 comentários:

Carolina disse...

Sei bem o que é ser encarada por um olhar do tipo "hein??" quando começo a operação militar que é dizer onde trabalho. Quando me perguntam minha profissão é simples: advogada. Mas quando a pergunta é onde trabalho... Aí é fogo!! Como fazer com que as pessoas entendam que trabalho num atendimento jurídico gratuito para mulheres do Detran que funciona dentro do CEDIM - Conselho Estadual dos Direitos da Mulher??? A primeira indagação é: "Detran????" Daí eu tenho que discorrer a respeito da origem do atendimento que se deu através de um grupo de funcionárias do Detran, chamado "mulheres em movimento" cuja coordenadora, militante do movimento feminista e funcionária do Detran, se uniu à presidente do CEDIM e juntamente com o presidente do Detran, que havia sido secretário de justiça do estado, criaram o atendimento onde hj trabalho como advogada. Daí finalizo: "Resumindo, não "mexo" com multas, nem RGs, nem carros apreendidos, ok???" hehehehehhehehe

POESIA EM VOLTA disse...

Você foi ótima lá! Quero as informações no email, ok? Milhões de beijos.

Frávia, a dona do brog disse...

E nós continuamos nessa saga apaixonante da assessoria de imprensa!

c i n t i a disse...

O mesmo acontece qdo eu digo que sou publicitária e depois que me formei em Artes Visuais então... nem preciso comentar mais nada.