16 de outubro de 2008

Justiça americana arquiva processo movido contra Deus

O Dia online

Nebraska - Um juiz de Nebraska, nos EUA, decidiu arquivar o processo que o senador Ernie Chambers movia contra Deus, já que não foi informado o endereço do réu, impedindo a Justiça de notificá-lo.

Chambers entrou com a ação no ano passado, acusando Deus de ser o responsável pelas mortes causadas por inundações, furacões e tornados.

Segundo o senador, ocorreu uma falha na decisão judicial, já que o tribunal teria reconhecido a existência de Deus e admitido sua onisciência. "Se Deus sabe tudo, Ele foi automaticamente notificado deste processo", disse Chambers à agência AP.

Chambers tem 30 dias para decidir se vai ou não recorrer à decisão da Justiça.
.

2 comentários:

Neli Carpinter disse...

Olá!
Encontrei seu blog por acaso ao fazer um cadastro no blogger.
Vim até aqui para conhecer. Sabe, há muitos anos não conseguia dar uma boa gargalhada, mas ao ler essa notícia, simplesmente me acabei de rir...
BJus

elaine bertone disse...

Fala sério Giovana... O significado da palavra político está se desfazendo... Acho que logo encontraremos no dicionário uma única resposta: palhaço! Agora é certo que nenhum "artista" sobrevive sem platéia... Se a platéia não muda, os palhaços permanecem...